<$BlogRSDURL$>

A grande vantagem de ter um blog é que uma pessoa pode escrever sobre o que bem lhe apetece.

terça-feira, dezembro 07, 2004

De todas as fobias, a hipocondria deve ser a mais engraçada. Tenho dois amigos que, apesar de não admitirem, são, definitivamente, hipocondríacos. Todas as semanas têm uma doença ou um problema novo…
Quando os vejo, faço a usual pergunta do “Então, tudo bem?” a que toda a gente já se habituou socialmente a responder com um “Está, e contigo?”, mesmo que a casa esteja a arder. O hipocondríaco não e aproveita a deixa para despejar o rol de males que o aflige… Ou torceu o pé, ou tem qualquer coisa no ouvido que não sabe o que é, ou está a incubar uma gripe, ou dói-lhe as costas, ou está mal disposto, ou tem a tensão alta, enfim, eu já ouvi tantas doenças da boca daqueles dois que admiro-me de eles ainda estarem vivos!
Depois, claro, andam sempre no médico ou têm consultas de check-up marcadas mês sim, mês sim, sem contar com uma cultura medicinal fora de série. “Dói-te o dedo mindinho do pé? Ah, isso é pâncreas! Não comas espinafres, não!”
O engraçado é que isto passa-se todas as semanas e eu nunca os vi realmente mal (e Deus queira que assim continue…). Às vezes, chego a adoptar a postura contrária. No gozo, em vez de lhes perguntar se estão bem, vou logo direita ao assunto e pergunto o que é que lhes dói. E lá começam eles. Ou é o estômago, ou a cabeça, ou entalaram-se, ou bateram com a bacia na esquina da mesa, ou comeram algo estragado, ou…

This page is powered by Blogger. Isn't yours?