<$BlogRSDURL$>

A grande vantagem de ter um blog é que uma pessoa pode escrever sobre o que bem lhe apetece.

quarta-feira, junho 30, 2004

Estava no comboio procedente da Guarda quando ao ver a ponte Vasco da Gama, levanto-me para sair no Oriente. Chego ao pé da porta do comboio e oiço duas velhotas que já lá estavam a falarem uma com a outra:
- Em França, em todos os comboios, o revisor avisa que estamos a chegar a uma estação para as pessoas saberem… Aqui não!
- Tens razão! Vê-se logo que estamos em Portugal…
Eu, que nestas situações nada digo, ouvi-me dizer afincadamente:
- Mas aqui também se diz… Hoje foi a única vez em que não ouvi!
- Ai menina, mas lá é sempre!
- Aqui também, minha senhora!
Veio então outra senhora em meu auxílio:
- Sim, que eu estava noutra carruagem e ouvi sempre o revisor avisar. Esta deveria estar com certeza avariada…
Olhamos as duas uma para a outra como que a dizer “Ora tomem!”. O comboio parou e nós saímos.

Moral da história: Estou farta de ouvir as pessoas a queixarem-se do nosso país. São os transportes, é a crise, é o governo, é o desemprego… Mas será que não podemos ser um pouco menos queixinhas e tentar defender um pouco este rectângulo plantado à beira do oceano? Ainda por cima, se os imigrantes tanto se queixam que “só em Portugal”, porque é que vêm? Se a vida lá é tão boa, que por lá fiquem, caramba! Estou farta de queixas, de pessimismo, “da galinha da vizinha ser melhor que a minha”!

Desculpem lá o desabafo, mas acordei com o pé esquerdo…

This page is powered by Blogger. Isn't yours?